5 ideias para abrir negócio em um bairro residencial.

Publicado em 13/07/2018

Bairros planejados estão sendo uma opção cada vez mais visada dentro do mercado imobiliário brasileiro. Projetados e construídos com toda a infraestrutura, esses locais costumam ser o desejo de uma clientela com perfil familiar e que não abre mão da qualidade de vida.

E é claro que esse contingente populacional precisa ter acesso a uma rede de serviços imediata, perto de casa, para o consumo de itens de primeira necessidade. E é por isso que abrir os chamados “negócios de bairro” é uma alternativa interessante para quem deseja empreender nestes locais.

Por isso, se você é dono de um lote ou imóvel em um bairro planejado, é importante estar preparado para aproveitar oportunidades e empreender. Separamos cinco ideias para negócios com potencial para obter sucesso em um bairro planejado.

 

 

1) Alimentação

Todo mundo precisa comer. E, por isso, negócios de bairro voltados para a alimentação têm boas chances de alcançarem bons resultados. Restaurantes, pizzarias, padarias, self-services, bares ou lanchonetes. Opções não faltam.

Além disso, o autosserviço, um tipo de comércio que reúne alguns itens de utilidade e funciona como um minimercado, também é um exemplo de negócio de sucesso nos bairros brasileiros. A avaliação de qual é a melhor alternativa depende da observação de qual a necessidade do público do seu bairro.

O espectro de possíveis negócios no ramo da alimentação é amplo, já que um restaurante de comida típica de um estado não terá as mesmas necessidade de um minimercado. Em linhas gerais, o que vale para imóveis desse tipo é ter ótimas instalações hidráulicas e também uma área para estacionamento.

2) Reformas

 

Por conta da crise, o costume de reforçar e consertar itens domésticos cresceu, já que as pessoas passaram a buscar formas de economizar. Portanto, negócios que forneçam itens para reformas e utilidades domésticas também têm tido espaço. O trunfo é que, estando localizados próximos às casas dos consumidores, eles podem ser acessados rapidamente e são a primeira opção no caso do surgimento de algum defeito em um item das residências.

Para esse tipo de empreendimento, os locatários precisam de espaço tanto para a loja em si, como para a área de carga e descarga dos materiais e também para montar o almoxarifado. Por isso, normalmente, os terrenos exigidos são maiores, a partir dos 300m². O imóvel precisa ter boa circulação de ar e iluminação, para evitar o aparecimento de animais que gostam de se esconder, como ratos, baratas e escorpiões.

3) Beleza e estética

A preocupação com a beleza é uma constante na vida dos brasileiros e brasileiras. Cabeleireiro, depilação, manicure e loja de cosméticos são boas opções para comércio de bairros. Um segmento que tem aparecido bem nos últimos anos e está ligado à questão da imagem é o de tatuagens e piercings. Mais uma vez, vale a dica: para escolher bem, avalie o público da região onde você pretende se instalar.

Para esse tipo de empreendimento, os imóveis não necessariamente precisam ser grandes. Segundo o Sebrae, espaços a partir de 40m² já podem comportar bem um salão de beleza. Os detalhes do espaço é que serão mais importantes. Instalações de água devem estar distribuídas em diversas opções pelo espaço, assim como ralo e espaço para captação de líquidos. O piso deve ser antiderrapante e de fácil limpeza

4) Academia

A realização de atividades físicas, seja para fins de saúde, ou mesmo com objetivos estéticos, é outro hábito que se integrou à rotina de muitas pessoas no Brasil. Por isso, bairros que concentram residências têm potencial para a abertura de academias. O grande trunfo é permitir que as pessoas possam se exercitar sem ter que entrar no carro para chegar até o local da prática da sua atividade.

Segundo o Sebrae, quem deseja abrir uma academia costuma procurar ou construir imóveis de, no mínimo 250m², uma vez que inúmeros equipamentos deverão ser disponibilizados para a prática das atividades físicas dos alunos. Ambientes anexos fisicamente segregados do restante da academia, como espaço para banheiros e vestiários também ajudam o imóvel a se tornar mais atrativo.

5) Novidade: box de crossfit

Quando se fala em exercícios físicos, o crossfit no Brasil é um fenômeno. A atividade caiu no gosto do brasileiro e a abertura de novos pontos para a prática da modalidade tem crescido exponencialmente. Por isso, a cessão do seu terreno ou imóvel como box (nome dado ao local em que se pratica o crossfit), pode ser uma alternativa inovadora e interessante.

Para esse tipo de atividade, normalmente são visados os espaços amplos, com pé direito alto, no estilo de galpões. São valorizados os imóveis com possibilidade de flexibilizar o uso dos espaços e com opções para instalação de diversos suportes para a práticas das atividades.

 

Fonte: www.lotescbl.com.br

 

 

Copyright 2017 - Buriti Empreendimentos. Todos os direitos reservados.