Confira 5 dicas de decoração para festas de fim de ano

O Natal e o Réveillon são ótimos laboratórios para os empresários e proprietários de restaurantes investirem em criatividade a fim de atrair mais clientes e consumidores. É com a decoração para festas que os donos de restaurantes podem perceber quais investimentos devem ser feitos e quais são os que mais retorno oferecem. A dica é da arquiteta Yasmine Weissheimer especialista em neurociência aplicada a arquitetura para restaurantes.

Reprodução/Pixabay

Segundo a profissional, com pequenas modificações no restaurante e a aplicação de dicas a partir da neurociência aplicada a arquitetura que os proprietários podem conseguir decorações que transmitam aos clientes sensações boas como se sentirem bem recebidos pelo local onde vão ficar durante algumas horas. “As decorações são simplesmente uma âncora ou caminho para as emoções mágicas de excitação da velha infância, gerando curiosidade em novos clientes”, diz Yasmine.

Segundo a arquiteta, estudos publicados pelo Journal of Environmental Psychology demonstram que embelezar e alegrar o ambiente denota que a pessoa (neste caso, o restaurante e as pessoas que lá atuam) se mostra mais sociável, acessível, receptiva e amistosa. A decoração seja ela de Natal, por exemplo, pode ser uma forma de nostalgia, de recordar memórias felizes do passado e de relembrar de pessoas amadas e que não estão mais entre nós.

Ao contrário disso, uma decoração de Ano Novo deve ser direcionada a alegria, de relembrar o que se passou e visar o futuro, as possibilidades e a esperança de mudança que o novo ano traz. Mas em qualquer período do ano, independentemente da data, a decoração deve ser receptiva, amistosa e os ambientes claros, com luz natural ao dia ou artificial à noite. “Por isso, a decoração deve ser focada no bem-estar das pessoas, na sensação de prazer por estar naquele ambiente, bem como de sentir vibrações sensoriais positivas”, explica a arquiteta.

Para criar uma atmosfera adequada aos clientes e consumidores e fazê-los desejar estar sempre em um ambiente que lhe propicie ótimas sensações, seja nas festas de final de ano seja em qualquer período do ano, a arquiteta Yasmine Weissheimer separou cinco dicas de decoração. O melhor é que as técnicas usadas para restaurantes podem ser reproduzidas em casa. Confira!

Pense na paleta de cores – As cores possuem o poder de despertar muitas sensações e emoções por isso, é importante pensar nelas com cautela. Tradicionalmente, as cores do Natal e ano novo são: vermelho, dourado, verde e branco.

“Na arquitetura, precisamos tomar cuidado, pois o excesso de cores pode provocar uma sensação de cansaço e excitação excessiva ao cliente”, ressalta Ysmine. Por isso, eleger duas cores para a palheta e as demais utilizar em pequenos detalhes traz equilíbrio ao espaço. Se a pessoa deseja utilizar grande parte das cores, pode pensar na decoração da mesa dos clientes, utilizando arranjos, louças e souplats que compõem as cores do natal e ano novo.


Sustentabilidade – Temas como a sustentabilidade vieram para ficar e causam simpatia aos clientes. Opções sustentáveis estão em ascensão e pensar uma decoração – seja de Natal e Ano Novo – ou qualquer outra festa no ano de forma sustentável pode ser um diferencial. Utilize materiais naturais e orgânicos para oferecer uma sensação de conforto e aguçar os sentidos dos convidados para ter contato com a natureza, permanecerem mais tempo nos ambientes e repetir a experiência. Servem para “humanizar” o espaço, torná-lo mais aconchegante e acolhedor.

Urban Jungle ou floresta urbana – Essa é uma tendência na decoração nas cidades. Trazer a natureza para perto auxilia no bem-estar das pessoas. Nestas datas comemorativas deve utilizar plantas naturais que possuem as cores do Natal.

A presença de elementos naturais em um ambiente causa a sensação de bem-estar aos clientes e pensar em plantas naturais pode ser uma estratégia bacana. “Em um mundo cheio de estresse e ansiedade, as pessoas gostam de se associar a coisas que as fazem felizes, e as decorações de Natal evocam esses sentimentos fortes da infância”, afirma Yasmine. Por isso, você pode ousar na árvore de Natal ou manter o estilo mais tradicional.

Ambientes externos – Os ambientes externos são ótimos lugares nesta época do ano. Usar itens da natureza com a utilização de luzes pendentes transmitem aconchego e aquele espírito de final de ano.

Releituras das árvores de Natal – Como exemplo de como usar as árvores como parte da decoração do ambiente, um restaurante em Londres, o Restaurant Coworth Park, colocou a árvore como protagonista do salão, trazendo um ar natalino sofisticado. “Sofisticação e bom gosto, além de um lugar prazeroso e aconchegante são apenas algumas traduções para se criar espaços que ofereçam bem-estar às pessoas no ambiente que frequentam”, completa a profissional.

Fonte: https://www.bonde.com.br/

Voltar ao topo