Marabá – Pará

Publicado em 20/09/2017

Marabá é um município brasileiro situado no estado do Pará, sede da Região Metropolitana de Marabá. Pertencente à mesorregião do Sudeste Paraense e à microrregião homônima, está a sul da capital do estado distando desta cerca de 500 quilômetros. Sua localização tem por referência, o ponto de encontro entre dois grandes rios, Tocantins e Itacaiunas, formando uma espécie de “y” no seio da cidade, vista de cima. É formada basicamente por seis distritos urbanos interligados por rodovias. O povoamento da região de Marabá se deu nos fins do século XIX, com a chegada de imigrantes goianos e maranhenses. A emancipação municipal ocorreu em 1913, com seu desmembramento do município de Baião. O desenvolvimento do município durante um grande período foi dado pelo extrativismo vegetal, mas com a descoberta da Província Mineral de Carajás,10 Marabá se desenvolveu muito rapidamente, tornando-se um município com forte vocação industrial, agrícola e comercial. Hoje Marabá é um grande entroncamento logístico, interligada por cinco rodovias ao território nacional, por via aérea, ferroviária e fluvial. Atualmente o município é o quarto mais populoso do Pará, com 257 062 habitantes em 2014, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e com o 4º maior PIB do estado em 2010, com 3.742.469,000 mil,13 o seu IDH é 0.668, sendo considerado médio pelo PNUD/20106 e sua renda per capita em 2010 era de 15.427,00. É o principal centro socioeconômico do sudeste paraense e um dos municípios mais dinâmicos do Brasil. Marabá tem como característica sua grande miscigenação de pessoas e culturas, que faz jus ao significado popular do seu nome: “filho da mistura”. A cidade também é conhecida como Cidade Poema, pois seu nome foi inspirado no poema Marabá do escritor Gonçalves Dias.

Economia:

O município de Marabá vivenciou vários ciclos econômicos. Até o início da década de 1980 a economia era baseada no extrativismo vegetal. No início o extrativismo girava em torno do látex do caucho, cuja lucrativa exploração atraiu grande número de nordestinos. Desde o fim do século XIX (1892) até o final da década de 1940, o extrativismo foi marcado pelo ciclo da borracha que contribuiu sobremaneira para a economia do Município e da região, porém, a crise da borracha levou o município a um novo ciclo, desta vez, o ciclo da castanha-do-pará, que liderou por anos a economia municipal. Houve também o ciclo dos diamantes, nas décadas de 1920 e 1940, que eram principalmente encontrados às margens do rio Tocantins. Com o despontamento da Serra Pelada e por situar-se na maior província mineral do mundo, Marabá também viveu o ciclo dos garimpos, que teve como destaque maior, a extração do ouro. Desde o início da década de 1970 o município passou a vivenciar a instalação do Projeto Grande Carajás, e posteriormente de indústrias sídero-metalúrgicas, que dinamizaram bastante a economia local.Porém desde meados de 2008 o município vem sofrendo fortes impactos da Grande Recessão econômica que atinge o sistema financeiro global. O município, um dos maiores parques industriais do norte do Brasil, enfrenta forte um processo de desindustrialização, com o fechamento de 9 das suas 11 sídero-metalúrgicas.Efeitos de refluxo de crise aprofundaram ainda mais o abismo econômico de Marabá, que desde 2011 também enfrenta uma bolha de imobiliária e uma profunda crise fiscal.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Marabá

*As áreas destinadas aos próximos lançamentos nos 10 Estados acima descritos são parte integrante do patrimônio empresarial do Grupo Buriti e seus parceiros. Os projetos estão sendo desenvolvidos respeitando o plano diretor de cada município e ainda dependem da aprovação dos órgãos públicos competentes. Os lançamentos seguirão o cronograma estabelecido pela Buriti e serão comercializados após a aprovação dos projetos e liberação dos devidos registros de incorporação das comarcas de cada cidade. As quantidades de terrenos poderão sofrer alterações sem aviso prévio. A Buriti se reserva no direito de cancelar, antecipar ou adiar os lançamentos conforme as condições do mercado imobiliário ou situações adversas na economia. Buriti Imóveis, Realizando Sonhos. TODOS OS PROJETOS CONSTANTES NESTE MATERIAL FORAM APROVADOS PELOS ÓRGÃOS PÚBLICOS COMPETENTES E PODERÃO SOFRER ALTERAÇÕES POR EXIGÊNCIA PÚBLICA OU NECESSIDADE TÉCNICA, DESDE QUE NÃO PREJUDIQUE OS COMPRADORES. IMAGENS ILUSTRATIVAS E DO LOCAL.

Copyright 2017 - Buriti Empreendimentos. Todos os direitos reservados.