Férias de julho em casa? Buriti dá dicas de atividades para fazer com as crianças

É chegado julho e, com ele, as férias escolares das crianças. Entretanto, nem sempre os pais podem se ausentar do emprego no mesmo período, e muitos, ainda em home-office, precisam conciliar o tempo livre dos pequenos com as responsabilidades do trabalho. Pensando nisso, a Buriti Empreendimentos separou cinco dicas de como entreter a criançada neste mês.

  1. Atividades ao ar livre 

Com uma sociedade cada vez mais conectada às telas, é primordial incentivar as crianças a desenvolverem atividades físicas e contato com a natureza. Jogos com bola, pique-pega, pique-esconde, pular corda e até mesmo uma caça ao tesouro incentivam a coordenação motora, estimula o cérebro e aumenta o sentido de respeito pelos amigos e espaço público. Além disso, podem ser desenvolvidas tanto no parque como no quintal de casa.

  1. Jogos de tabuleiro

Além de auxiliar no desenvolvimento cognitivo e social, os jogos de tabuleiro promovem relações construtivas com amigos e familiares. Em alguns jogos, se usa uma mistura de lógica, habilidades matemáticas e pensamentos abstratos, ao mesmo tempo em que planeja próximos movimentos e cria maneiras de combater as ações de seus amigos. É uma oportunidade para ter um momento divertido em família sem sair da sala.

  1. Maratona de cinema em casa

Uma sequência de dois a três filmes – direcionados para a faixa etária das suas crianças – com direto a pipoca, suco e brigadeiro! Uma ótima alternativa para reter a atenção dos pequenos e deixá-los maravilhados em poder curtir um cinema no conforto de casa. É também uma atividade que garante aos pais um momento de maior tranquilidade, e, portanto, ótima para ser conciliada com outros afazeres.

  1. Cursos

Que tal aproveitar as férias para fazer algo novo? Incentivar as crianças a fazerem cursos de desenho, pintura, dança, um esporte, entre outros, é uma das melhores alternativas para quem precisar seguir trabalhando enquanto os filhos estão de recesso. A dica é buscar uma atividade que seja prazerosa para a criança, organizando de forma que ela atenda as lições no horário em que a agenda está mais ocupada.

  1. Cozinhar juntos

Convidar a criança para exercer uma atividade rotineira importante para a casa a faz se sentir especial e acolhida. Peça que ela escolha um cardápio ou programe receitas simples em que ela possa ajudar – como um bolo, por exemplo. É um momento para tirá-la da tela e incentivar um aprendizado essencial para a vida.

As crianças se conectam muito mais com a qualidade de tempo que seus pais ou responsáveis passam com ela do que com a quantidade. Portanto, as atividades descritas ajudam a promover essa conexão, não exigem gastos altos, podem ser feitas a qualquer momento do dia e ainda proporcionam esse momento de qualidade com os filhos.

Voltar ao topo