Solidariedade segue entre prioridades da Buriti para 2020

Empresa garante que eventos beneficentes e campanhas de arrecadações serão expandidos este ano, reforçando seu compromisso anual em ajudar comunidades carentes.

Sempre focada na missão de realizar sonhos, a Buriti Empreendimentos tem a solidariedade como um de seus principais objetivos. Todos os anos, a empresa promove diversas ações em prol de comunidades carentes no Brasil, contribuindo para o futuro de milhares de pessoas. Entre estas iniciativas estão o Projeto Esporte é Vida, o Futebol Solidário, o Natal Solidário e a Campanha do Agasalho.

As últimas duas ações – Natal Solidário e Campanha do Agasalho – aconteceram em Goiânia, Goiás, onde se localiza o escritório central da empresa. A primeira já está em sua 4ª edição e aproveitou o clima natalino para arrecadar brinquedos e cestas básicas. “Em 2019 conseguimos 555 cestas básicas”, conta Clarissa Boia, gerente de Recursos Humanos da Buriti. A dinâmica das doações foi organizada de forma que a quantidade de cestas doadas pelos colaboradores seria dobrada pela Buriti para distribuir às famílias carentes que habitam em torno do lixão, no Residencial Sol Nascente.

Já a Campanha do Agasalho foi realizada nos meses de maio e junho do ano passado, em que a capital goiana passou uma das temperaturas mais baixas de sua história. “Sempre com auxílio dos nossos colaboradores, reunimos e compras cobertores e roupas de frio, que foram distribuídos para moradores de rua em Goiânia”, relata Clarissa. Nesta campanha, a empresa também dobrou a quantidade de itens doados pelos seus funcionários.

“A estratégia de dobrar as doações recebidas dos colaboradores é justamente com o intuito de envolver a todos no compromisso de ajudar a comunidade. Somente com o engajamento de todos conseguiremos construir o Brasil que sonhamos”, explica Sidney Penna, um dos sócios proprietários da Buriti.

O Futebol Solidário, também promovido no final do ano, já é uma tradição não apenas para a Buriti, mas principalmente para os moradores de Palmas, onde é realizado. O evento, que arrecada alimentos perecíveis na bilheteria para serem doados a entidades filantrópicas, já está no calendário esportivo da cidade e reúne jogadores de renome nacional. “No ano passado percebemos que nossa equipe e o público estão cada vez mais engajados, pois tivemos um recorde de arrecadações: quase 12 mil quilos de alimentos”, afirma o gerente de vendas e responsável pelo projeto, Márcio de Paula.

Por fim, o Projeto Esporte é Vida é hoje uma atividade em crescimento na cidade de Redenção, no Pará. A iniciativa consiste em disponibilizar aulas gratuitas de tênis para crianças e adolescentes carentes entre 5 e 18 anos, com participação condicionada ao bom desempenho escolar dos mesmos. “O Esporte é Vida só pôde ser iniciado a partir da parceria com a Buriti, que doou 3 lotes para que fizéssemos as quadras”, expõe o professor de tênis Luciano Vieira, responsável pelo projeto. De acordo com um dos sócios proprietários da Buriti, Moisés Carvalho, os projetos solidários fazem parte integral do planejamento da empresa para 2020. “Para construir sonhos precisamos primeiramente construir um país melhor, e não há nada mais certo para isso do que ajudar as nossas próprias comunidades. Por isso, queremos dar continuidade e expansão às ações que já realizamos, sempre mobilizando nossos colaboradores, parceiros e fornecedores”, assegura.

Voltar ao topo